Se perguntassem como é a sua comunicação, como você a descreveria?

Caso você consiga combinar uma escuta ativa, o poder de síntese e ainda souber se posicionar, você pode afirmar que a sua comunicação é assertiva

Além de ser uma habilidade cada vez mais buscada entre os profissionais que querem se destacar no mercado de trabalho, a comunicação assertiva pode ser a sua principal aliada na resolução de conflitos, redução de ruídos da comunicação e na garantia de boas relações interpessoais. 

Mas se a sua resposta foi diferente dessa, confira neste artigo a importância da comunicação assertiva e 5 bons motivos para você desenvolver essa habilidade.

O que é comunicação assertiva?

A comunicação assertiva é simples e direto ao ponto. Ela permite que as informações circulem com clareza e que o receptor entenda o conteúdo da maneira como o emissor a pensou.

Ao defender o seu ponto de vista, sem prejudicar ou ofender o receptor, a comunicação traz o efeito ganha-ganha - que é bastante conhecido dentro de negociações, onde todas as partes saem beneficiadas. Dessa maneira, o emissor alcança o resultado esperado e estabelece um diálogo respeitoso e assertivo com o receptor.

Diferenciais da comunicação assertiva

Existem diferentes maneiras de se comunicar, e vamos usar como exemplo dois modos de comunicação: a agressiva e a passiva

Para a comunicação assertiva, as principais características são o posicionamento e o respeito. Essa combinação permite que você demonstre seus argumentos sem ofender ou atacar as outras partes envolvidas na comunicação. E vamos explicar porque eles são importantes para diferenciar os tipos de comunicação. 

Na comunicação passiva, você acredita que as opiniões das outras pessoas são mais importantes e isso faz com que você ceda demais durante a comunicação, desfazendo o posicionamento que você estabeleceu inicialmente para alcançar seu objetivo principal. 

Já na comunicação agressiva, a percepção é de que os outros estão errados e que apenas a sua opinião é a correta, ou seja, você não dá  espaço para que exista diálogo ou consenso. Além disso, a comunicação agressiva não preza pelo respeito durante a comunicação.

Quero mais: como garantir uma comunicação não-violenta?

Para entender mais sobre como a comunicação pode ser clara, assertiva e empática, a dica é a leitura do livro “Comunicação não-violenta: Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais”, do psicólogo Marshall B. Rosenberg. 

Com ele, você vai entender como é possível mudar padrões de pensamento que desencadeiam discussões saudáveis, resolver conflitos de maneira justa e tranquila e criar relações fundamentadas no respeito.

Por que uma comunicação assertiva é importante?

Imagine se você tivesse o poder de reduzir 60% dos problemas da sua empresa. Seria algo impressionante, não acha?

Mas não é preciso ter um super-poder para reduzir os problemas da sua organização. Peter Drucker, especialista em gestão de negócios, diz que 60% das empresas são resultados da falha de comunicação. 

Perceba, com isso, a importância da comunicação assertiva. Trazendo uma comunicação mais clara, direto ao ponto e objetiva, é possível evitar o desencadeamento da falha de comunicação em problemas. Como já citamos neste artigo, a comunicação assertiva não só resolve problemas como também os evita. 

Motivos para desenvolver uma comunicação assertiva

As chances de você já ter vivenciado uma situação desagradável causada por ruídos ou falhas na comunicação são bem grandes. Esses ruídos são causados por 4 principais motivos:

  • No momento da comunicação, uma das partes envolvidas (ou ambas) não está interessada
  • A linguagem ou  o canal escolhidos não são os ideais dentro do contexto da comunicação 
  • A mensagem não foi bem elaborada e, por isso, tem informação a mais ou a menos que o necessário
  • O público que recebeu aquela mensagem não era o adequado. 

Para evitar esses ruídos e todas as suas consequências, desenvolver uma comunicação assertiva é fundamental para saber como ouvir o seu público, ser objetivo e se posicionar nas suas comunicações. 

Desenvolver essas habilidades ligadas à comunicação traz vários benefícios práticos no seu dia a dia. Por isso, separamos 5 deles para você entender como a comunicação assertiva pode ser decisiva na sua vida pessoal e profissional:

1. Otimiza suas negociações

Além do aspecto de ganha-ganha da comunicação e da negociação, desenvolver uma comunicação assertiva e aplicá-la durante o processo de negociar é uma maneira de alcançar melhores resultados e chegar mais vezes ao sim. 

Isso porque a negociação se trata de encontrar um acordo entre as partes interessadas para que, no final do processo, todos saiam satisfeitos com o resultado. E como fazer isso sem uma comunicação clara e eficiente?

Além disso, a comunicação assertiva contribui para o poder de síntese e posicionamento dos seus argumentos, o que garante clareza na apresentação das suas ideias. Isso é fundamental para que as outras partes envolvidas na negociação entendam seu ponto e consigam dialogar para chegar a uma solução comum. 

É importante lembrar que a negociação não é exclusividade para os profissionais de vendas ou das áreas de negócio. Estamos constantemente negociando, seja no ambiente de trabalho ou na vida pessoal, quando queremos alcançar um resultado específico.

2. Aumenta sua capacidade de resolução de problemas

Diante de conflitos e problemas, a comunicação assertiva é uma grande aliada para resolvê-los da melhor forma possível. Quando você se comunica com assertividade nessas situações, além de garantir um tom respeitoso ao se posicionar nesses momentos,  você consegue colocar os pontos de discordância de uma maneira que a outra parte não se sinta desrespeitada

Ao adotar essa postura, você incentiva que a outra pessoa também seja mais respeitosa e, consequentemente, existe mais colaboração para construir a resolução. 

Por isso, a comunicação assertiva é a chave para encontrar rapidamente a solução do problema. Assim, você consegue manter boas relações interpessoais em um ambiente propício para o bom convívio entre todos, reduzindo as chances de conflitos.    

3. Contribui para sua liderança

Assim como em todas as relações, a comunicação dentro das equipes precisa ser sempre clara e eficiente. Não só para que o time possa trabalhar de maneira produtiva, mas para que uma relação de confiança e um senso de coletividade possam ser construídos

E para isso acontecer, as lideranças têm um papel fundamental como mediadores dessas construções. É claro que falar com clareza é importante, mas os líderes devem escutar seus times e, mais do que isso, precisam assumir a postura de embaixadores de uma comunicação assertiva. 

Além de contribuir para as relações, uma comunicação também contribui para o desempenho do time. De acordo com uma pesquisa da consultoria Towers Watson, as equipes de líderes que se comunicam bem são mais engajadas e mais produtivas.   

4. Ajuda na sua inteligência emocional

Dentro dos pilares da inteligência emocional está a gestão de relacionamento, que inclui competências como influência e gestão de conflitos. E como criar boas relações, gerenciar desentendimentos e ser mais influente sem uma comunicação assertiva? 

Para se comunicar com os demais, você precisa se conhecer e entender como é a sua forma de comunicação. Além disso, é fundamental ouvir atentamente a outra parte com calma e, assim, gerir as emoções envolvidas para que elas não prejudiquem ou impeçam que a comunicação seja clara e assertiva. 

Para otimizar a gestão das suas emoções durante o processo de comunicação, uma dica prática é o PROR: pare, respire, observe e responda. Com esse processo, você age com cautela, não é movido pelo calor do momento e consegue dar uma resposta mais objetiva para a situação.

5. Profissional de destaque

A comunicação assertiva é uma habilidade que pode fazer toda a diferença pessoal e profissional. Ela é um elemento fundamental para criar e manter relações saudáveis em todos os ambientes, e isso pode te tornar um profissional de destaque. 

Independente da sua área de atuação, desenvolver uma comunicação assertiva é o primeiro passo para que você possa criar mensagens  claras, garantir relações respeitosas com os demais e  se tornar mais influente. 

Isso contribui para construir um bom relacionamento interpessoal além de mostrar para os demais que você entende como a comunicação é, de fato, algo que você domina e que ela é sua aliada.

Como desenvolver habilidades de comunicação

Seja no modelo remoto ou presencial, existem diversas práticas para potencializar sua comunicação e torná-la cada vez mais assertiva, como a escuta ativa, o poder de síntese, saber se posicionar e selecionar o canal correto. 

Neste artigo aqui, você vai entender mais detalhes sobre essas práticas que podem fazer parte da sua rotina ainda hoje. 

E se você se interessou em desenvolver essa habilidade, o curso online de Comunicação Assertiva da Conquer é para você. Nele, você vai aprender a falar com clareza, expor suas ideias, ter assertividade ao demonstrar seu ponto de vista e ainda aumentar seu poder de convencimento. 

Em aulas 100% online, você aprender com professores que são destaque no mercado a usar técnicas e ferramentas para se expressar com assertividade em todas as situações, sejam elas profissionais ou pessoais. 

Para desenvolver sua assertividade e ampliar seu potencial de comunicação, clique aqui e faça já sua inscrição no curso de Comunicação Assertiva.