Stay hungry, stay foolish”. 

Foi com essa frase que Steve Jobs encerrou uma palestra do ano letivo de 2005 na Universidade de Stanford. Em um mundo que muda o tempo todo e um mercado cada vez mais competitivo, “manter-se faminto, manter-se tolo” é quase obrigatório, afinal, a capacidade de aprender cada vez mais e melhor se tornou uma das habilidades profissionais mais valorizadas.

Não por acaso, o renomado futurista Alvin Toffler diz que o analfabeto do século XXI não é aquele que não sabe ler e escrever, e sim aquele que não consegue aprender, desaprender para então reaprender

Este é um reflexo preciso do mundo atual. Vivemos em tempos exponenciais, onde tudo se transforma rapidamente - inclusive as carreiras e necessidades do mundo do trabalho. 

No estudo The Future of Jobs, o Fórum Econômico Mundial indicou que 65% das crianças que hoje estão no ensino fundamental vão exercer funções profissionais que ainda não existem. Além dessas novas funções, muitas carreiras serão transformadas e outras podem até desaparecer. 

E então, como é possível estar atualizado e acompanhar todas essas mudanças? Confira este artigo sobre o conceito de lifelong learning e entenda como ele pode transformar sua carreira. 

Lifelong learning: o que é?

Lifelong learning é um conceito que indica o processo contínuo de aprendizagem, ou seja, o aprendizado não se limita à educação formal e não tem um ponto final: é algo que deve estar constantemente presente ao longo da vida

Quando  surgiu na década de 1990, o conceito transformou a compreensão sobre o aprendizado ao demonstrar que aprendemos a todo momento, e não apenas nas salas de aula do ensino tradicional. Essa visão de aprendizagem contínua alcança todas as pessoas: todos têm a capacidade e o potencial para aprender, independente da idade, do nível profissional e método de ensino.

Em um mundo onde a única constante é a mudança, a frase de Steve Jobs define bem o lifelong learning. Permanecer tolo e faminto significa buscar o crescimento e a melhoria contínua, entendendo que sempre é possível evoluir e se desenvolver seja pessoal ou profissionalmente. 

A velocidade das mudanças e a importância do lifelong learning

A cada dois dias, o volume de dados gerados corresponde ao que criamos do início da civilização até 2003, de acordo com Eric Schmidt, ex-CEO da Google. O volume de informações nunca foi tão grande, e isso reflete na velocidade das mudanças.   

E para acompanhar esse cenário, aprender continuamente é uma necessidade para todos. Basta imaginar quais eram as tendências e mesmo exigências na sua área de atuação há 5 e 20 anos atrás. Certamente não são as mesmas de agora. Mais do que sair na frente, entender e aplicar o lifelong learning na sua vida e carreira faz com que você não fique para trás

Os pilares do lifelong learning 

A Lifelong Learning Council Queensland (LLCQ) é uma organização que tem como objetivo promover o conceito de lifelong learning. De acordo com a LLCQ, existem 4 pilares essenciais para a aprendizagem contínua. Confira quais são:

1. Aprendendo a conhecer

Antes da busca por conhecimento, é importante entender como retê-lo com a ajuda de ferramentas e boas práticas de aprendizagem. Para melhorar seu aprendizado, confira aqui 7 dicas para aprender a aprender

2. Aprendendo a fazer

Você sabe a diferença entre conhecimento e aprendizado? O conhecimento é ter acesso a uma informação e o aprendizado é colocar a informação em prática. Um não é melhor que o outro, mas os dois devem caminhar sempre juntos. Essa etapa dá autonomia para que você não seja apenas um executor de tarefas automáticas ou que você fique preso na teoria e esqueça da prática. 

3. Aprendendo a viver

Ninguém está completamente isolado, seja no âmbito pessoal ou profissional. O terceiro pilar do lifelong learning é sobre compreender a existência das conexões entre as pessoas. Isso é fundamental para entender o outro, gerenciar eventuais conflitos e possibilitar o aprendizado em grupo. 

4. Aprendendo a ser

Todas as pessoas têm o potencial de aprender. Por isso, o último pilar se refere justamente ao desenvolvimento dessa autonomia para aprender coisas novas. Desenvolver a autorresponsabilidade com o próprio aprendizado é um dos caminhos para se alcançar essa autonomia.  

Como adotar o lifelong learning?

Agora que você já entendeu o conceito de lifelong learning e a importância dele na sua vida e na sua carreira, separamos 3 principais fontes de conhecimento para você começar a adotar o lifelong learning na sua rotina

Mas antes, vale reforçar alguns pontos muito importantes. O aprendizado contínuo pode ser iniciado em qualquer momento da sua vida: se você está no início ou na reta final da sua carreira, em um momento de transição ou mesmo já aposentado. O melhor momento para aprender é agora

E o aprendizado não precisa se restringir apenas a assuntos profissionais. Não existe limitação de assuntos para aprender: desde temas da sua área de atuação, que você já conhece e quer se aprofundar, até temas completamente desconhecidos.

Seja qual for o assunto, é importante ter em mente que a mão na massa é uma etapa essencial para o processo de aprendizagem. Se o assunto for uma nova habilidade da sua área profissional ou mesmo um hobby, preveja um tempo para ter a experiência prática daquele novo conhecimento.

E lembre-se: todo aprendizado gera valor e pode representar uma virada de jogo para impulsionar a sua carreira ou aumentar o seu repertório pessoal

Agora confira as principais fontes de conhecimento e como aproveitá-las para aprender ao longo da vida:

  • Cursos online 

O momento que vivemos popularizou muitos cursos online, já que o distanciamento social impediu os cursos presenciais. Essa limitação aumentou significativamente a oferta de cursos dos mais variados temas, desde exercícios físicos até cursos de soft skills e habilidades profissionais. 

Na Conquer, existem cursos online gravados e ao vivo. Esse formato de aprendizado pode se adaptar com mais facilidade na sua rotina, com a metodologia mão na massa da Conquer e o conteúdo atual das aulas para você aplicar em qualquer lugar do mundo. 

  • Referências de conteúdo

A internet é uma grande aliada no processo de aprendizagem contínua Isso porque existe uma infinidade de fontes de conteúdos sobre todos os assuntos possíveis, como blogs, vídeos, documentários, podcasts, materiais como ebooks e tantos outros formatos. 

Ao escolher um tema para aprender, faça uma pesquisa sobre as principais referências do assunto e acompanhe a produção de conteúdo. Seja lendo artigos em blogs, seguindo os perfis nas redes sociais ou assinando newsletters sobre o tema, criar esse hábito vai contribuir para você conhecer mais sobre o assunto e colocar esse aprendizado em prática.

  • Educação corporativa

As empresas também entendem a importância do lifelong learning. Ter times atualizados e em constante aprendizado é essencial para se destacar no mercado e gerar resultados cada vez mais expressivos nesse cenário competitivo. 

É por isso que as organizações têm incentivado cada vez mais o aprendizado ao longo da vida, especialmente em treinamentos e ações de desenvolvimento pessoal e profissional dentro das organizações.

Independente do formato que você opte para aprender, confira aqui dicas para melhorar seu aprendizado e como criar um plano de estudos eficiente

E se você está buscando por cursos e especializações para se tornar um profissional mais qualificado, conte com a Conquer! Seja nos cursos online e ao vivo ou nos cursos gravados, você vai ter acesso a conteúdos atuais e que podem ser aplicados na sua carreira imediatamente, trazendo resultados rápidos e reais.