Muitas pessoas que não estavam habituadas a fazer cursos à distância agora têm as aulas remotas como parte da rotina. Se este é o seu caso, que tal conferir dicas para otimizar os estudos online?

As medidas de isolamento social têm aberto novas possibilidades para a educação. E a procura por qualificação online cresce a cada dia!

Por um lado, essa realidade é animadora, pois ela mostra que um grande número de pessoas está buscando se desenvolver nesse momento difícil que estamos vivendo. 

Mas, por outro, algumas medidas são necessárias para garantir que o aprendizado em casa seja pra valer!

Para e pense por um minuto: as salas de aulas presenciais são projetadas para oferecer estrutura adequada para o ensino, blindar as distrações e garantir mais eficácia no processo de aprendizagem.

A disposição das cadeiras, a iluminação, a sonoridade, tudo é pensado para garantir que o conteúdo seja transmitido com o máximo de precisão.

Obviamente, uma sala de estar, um quarto ou qualquer outro cômodo de uma casa não cumpre tem os mesmos objetivos. 

Por isso, é fundamental que você – ou seja, o aluno – seja o responsável por otimizar os seus estudos! 

Neste artigo, nós listamos 7 dicas infalíveis para você garantir a melhor experiência em cursos online. Depois de segui-las à risca, você com certeza vai ganhar mais foco e sentir mais facilidade em assimilar o conteúdo das aulas.

Confira!

1) Abrace o compromisso

A principal adequação que você precisa fazer para absorver ao máximo um curso online começa dentro de você. Sim, antes de qualquer coisa, você precisa abraçar o compromisso para valer!

Por que você decidiu fazer o curso? Como a sua vida pode melhorar depois de realizá-lo?

Quanto mais nítidas estiverem essas respostas para você, maior será o seu engajamento com o conteúdo!

2) Evite muito conforto

A regra número 1 para quem quer otimizar os estudos online é evitar excesso de conforto durante as aulas. Isso mesmo: nada de sofá, cama, poltronas e luz amarela! 

A mesa continua sendo o melhor lugar para aprender. Pode ser na sua escrivaninha ou na mesa da sala de estar. 

O importante é que você evite assentos muito confortáveis e se acomode em uma cadeira que ajude você a manter a postura ereta e adequada.

Isso porque, além de ajudar na concentração, o cuidado com a postura evita o cansaço físico, dores nas costas e a má circulação.

Se possível, escolha uma cadeira ajustável e posicione a tela do notebook ou computador na altura dos olhos.

3) Escolha um local privado e silencioso

O silêncio ajuda muito no aprendizado. Por isso, escolha o local mais silencioso e privativo da casa antes de iniciar a aula.

Uma das dicas é evitar ter um grande campo de visão à sua frente. Essa ação simples ajuda muito a diminuir os focos de desatenção durante o seu aprendizado. 

4) Prepare os dispositivos tecnológicos

Depois de sentar-se em uma mesa adequada e reduzir ao máximo os pontos de distração, prepare os dispositivos tecnológicos, outro passo fundamental para otimizar os estudos online.

Se possível, dê preferência total ao notebook ou computador. A sua experiência será muito mais positiva.

Antes de começar, conecte o notebook ou computador à tomada, certifique-se de que está com o seu fone de ouvidos (e se ele for sem fio, certifique-se que tem bateria suficiente para toda a aula).

O celular? Desative as notificações das mídias sociais e ative o modo silencioso (deixe o Instagram, o whatsapp e o Facebook para depois). 

Outra dica é fechar todas as abas do navegador que não estiverem sendo usadas no momento do curso.

E o mais importante: tenha certeza de que a sua conexão com a internet está boa o suficiente para evitar interrupções durante as aulas.

Por mais breve que seja, a espera de 10 segundos para um vídeo carregar pode atrapalhar o seu rendimento.

5) O seu horário preferido pode não ser o mais adequado

Um dos pontos mais positivos do ensino à distância é a autonomia que o aluno tem para decidir quando dar play no conteúdo das aulas.

Mas essa liberdade pode jogar contra o seu aprendizado se não for aplicada com cautela e disciplina. A gente explica!

Vamos pegar um exemplo: se você prefere estudar no período da tarde, mas esse é justamente o momento em que há grande circulação de pessoas na sua casa, talvez seja necessário mudar.

Tão importante quanto fazer o curso no horário de sua preferência é garantir que você não terá distrações e conseguirá absorver o conteúdo da melhor forma.

Por isso, tente conciliar os horários em que você se sente mais confortável para estudar com os horários em que haverá menos distrações no ambiente.

Ah, e não esqueça: antes de começar a aula online, avise todos da sua casa que você só deve ser interrompido em situações excepcionais.

6) Deixe ao lado bloco de anotações e água

A regra número um da produtividade é simples: o que não é anotado não é lembrado!

Pode ser em um caderno ou em um bloco de anotações digital, você escolhe! O importante mesmo é você registrar tudo que você identificar como útil ou interessante no curso, além de não deixar passar aquele super insight que surgiu.

Nós somos bombardeados o dia todo com notícias, conteúdos e estímulos. Confiar plenamente no nosso cérebro, já sobrecarregado, pode ser um tiro no pé.

Não pense duas vezes: anote tudo que julgar relevante (mesmo se precisar pausar a aula). Seu aprendizado certamente será melhor com essa prática.

Ah, e por último, mas não menos importante, tenha sempre uma garrafa de água do seu lado!

7) Ensinar também é aprender

Pode soar apenas como mais uma frase pronta, mas não duvide: quem ensina aprende duas vezes!

Você gostou do conteúdo que absorveu em uma determinada aula? Então compartilhe esse conhecimento!

O ato de transmitir conhecimento, explicando por que outra pessoa deveria se interessar por ele, ajuda você a organizar os pensamentos e absorver dele o que é mais importante e valioso. Que tal colocar em prática?

Pronto para começar? Então é só encher a sua garrafa de água e dar o play!