Como profissional de RH, quantos aprendizados você levará de 2020? 

Sem dúvidas, vivemos um ano sem precedentes. Um período de mudanças aceleradas e imprevisíveis que transformaram a maneira como colaboramos, trabalhamos e nos desenvolvemos. 

Nesse momento de planejamento das ações para 2021, assimilar os aprendizados com olhar crítico e usá-los como insumo para o que se inicia é tarefa fundamental para os profissionais de RH. 

Afinal, esse exercício permite a formulação de estratégias mais assertivas para um novo ano, que também será repleto de desafios.

Aqui, reunimos três questionamentos  que podem te ajudar a agir de forma estratégica em 2021:

O que levar em consideração na hora desenhar um modelo de trabalho flexível?

Por que o desenvolvimento contínuo de habilidades se tornou ainda mais essencial?

E mais: como adaptar as etapas da employee experience para um modelo de trabalho híbrido?

Neste artigo, listamos 3 tendências para a área de Recursos Humanos em 2021 e reunimos dados, orientações  e insights para você se tornar protagonista das mudanças necessárias na sua organização. Continue com a gente. 

Trabalho flexível como regra

Segundo a Gartner, empresa de consultoria global com foco em Recursos Humanos, nós vivemos, em 2020, a maior experiência de trabalho remoto da história da humanidade. Ainda que algumas previsões de vacinação contra a Covid-19 estejam se concretizando, ainda existem muitas incertezas quanto à possibilidade de retorno ao trabalho 100% presencial. 

Na prática, a pandemia é apenas um aspecto que precisa ser levado em consideração ao se pensar sobre o retorno ao trabalho presencial. 

O fato é que a expectativa em torno dos modelos de trabalho mudou: uma pesquisa da Gartner mostrou que 48% dos colaboradores gostariam de trabalhar de casa ao menos parcialmente depois da pandemia. Em pesquisa similar realizada antes da Covid-19, essa taxa era de 30%.

Nesse cenário, muitas empresas estão considerando tornar o trabalho remoto – ou pelo menos flexível – como regra. E alguns pontos de análise são fundamentais para garantir que esse processo seja o mais eficaz possível:

  • Independentemente da localidade de onde o colaborador vai trabalhar, é necessário vincular e aproximar os times e a estratégia do negócio
  • Pense primeiro nas habilidades necessárias para o cargo e, somente depois, decida se essa vaga será remota ou presencial. Em um mundo do trabalho tão dinâmico, muitas organizações estão desenhando suas forças de trabalho com base em skills, e não em funções
  • Possibilite que as mudanças na modalidade de trabalho venham acompanhadas de mudanças na mentalidade dos colaboradores
  • Identifique e analise as tendências de contratação no ramo de atuação da sua organização

Treinamento e desenvolvimento contínuos

Independentemente do setor de atuação ou do porte da empresa, o treinamento e o desenvolvimento contínuos dos colaboradores entram como tendência irreversível para o RH em 2021. 

Em outra pesquisa conduzida pela Gartner com mais de 800 líderes de RH, o desenvolvimento de habilidades essenciais é a prioridade número 1 para 68% dos participantes. Por trás dessa preocupação, estão números que reforçam quão dinâmico o mercado se tornou nos últimos anos. 

Dados da Gartner Talent Neuron™ mostram que o número total de skills exigidas para um único cargo cresce 10% a cada ano e que um terço das habilidades presentes em anúncios de emprego divulgados em 2017 não serão mais necessárias em 2021.

E essa demanda por iniciativas de desenvolvimento, reflexo do período de transformações aceleradas pela pandemia, está presente em vários stakeholders na organização.

A pesquisa 2020 Gartner Shifting Skills Survey for HR Executives revela que:

  • 60% dos líderes de RH identificam pressão por parte dos CEOs para garantir que os colaboradores desenvolvam as habilidades necessárias para o futuro do trabalho
  • 69% dos líderes de RH relatam pressão por parte dos colaboradores quanto às oportunidades de desenvolvimento e treinamento

Nesse cenário, a educação corporativa deixa de ser um item paralelo às ações do RH e passa a integrar o núcleo das estratégias para 2021.

Melhoria contínua da Employee Experience

Como mencionamos no início do artigo, as três tendências apontadas aqui estão interligadas e são interdependentes. Por isso, não é possível falar sobre a melhoria contínua na Employee Experience sem mencionar o trabalho flexível como regra e o desenvolvimento contínuo.

Em 2020, o mundo do trabalho incorporou novos paradigmas da experiência do colaborador. Na prática, o desafio é garantir a preservação e o fortalecimento da cultura da empresa no modelo de trabalho remoto ou híbrido, fazendo com que as expectativas dos colaboradores e da companhia sejam atendidas. 

Nesse ponto, aperfeiçoar a experiência do colaborador de maneira contínua depende de um ponto fundamental: adaptar as etapas da employee experience a um modelo híbrido e flexível de força de trabalho.

Para fazer um paralelo, imagine que a atual relação do colaborador com a organização (e as experiências que ele tem ali) passou por mudanças parecidas com as que o consumidor vive hoje com as empresas.

Atualmente, o colaborador tem uma relação multicanal com a organização. Mais do que nunca, o conjunto de experiências que ele vive na empresa se concretiza em diversos pontos de contato tanto digitais como analógicos.

Por isso, para planejar e incorporar ações de melhoria contínua da employee experience na sua organização, o ponto de partida é considerar que a proposta de valor do escritório físico é diferente da de outros locais de trabalho.

O desafio aqui é criar um ambiente multicanal em que os diversos aspectos da relação do colaborador com a organização sejam possíveis em um modelo de trabalho remoto, flexível e digital, e principalmente, continuar entregando uma boa experiência aos colaboradores.

 

Precisa de apoio para desenvolver os colaboradores da sua organização para os desafios do mundo do trabalho? Conte com a Conquer! 

Para atender as necessidades dos RHs, nesse momento, os programas customizados e a metodologia mão na massa da Conquer estão disponíveis no formato online e ao vivo.

Quer saber mais sobre as modalidades disponíveis e desenhar o programa ideal para a sua empresa? Clique aqui e entre em contato com o nosso time In Company.