Talvez você trabalhe em uma empresa que atue 100% em home office. Ou talvez você esteja trabalhando remotamente por algum motivo específico.

Seja qual for a sua relação com esse regime de trabalho, é sempre bom estar preparado para se adaptar a uma realidade diferente quando necessário. Afinal, adaptabilidade é uma habilidade essencial para todo profissional que deseja se destacar no mercado de trabalho.

Mas, antes de qualquer coisa, você sabe o que é home office ou como se manter produtivo neste modelo de trabalho?

Muitos profissionais já trabalharam em casa, alguns fazem isso frequentemente, outros somente em dias específicos. E as opiniões divergem: há quem diga que não existe nada melhor do que a flexibilidade do trabalho remoto, já outros afirmam que possuir um escritório para trabalhar presencialmente é essencial para manter uma rotina produtiva.

Para te ajudar a entender o que funciona para você, conheça melhor essa modalidade de trabalho que já está presente em empresas de todo o mundo.

O que é home office?

Apesar da tradução literal, trabalhar em home office não quer dizer, necessariamente, trabalhar de casa. O conceito é aplicado por pessoas que trabalham em locais alternativos ao escritório tradicional, como um café ou um coworking.

Essa modalidade é bastante comum entre profissionais freelancers, autônomos e empreendedores que estão começando suas empresas, por exemplo. No entanto, algumas grandes organizações também oferecem essa opção aos seus colaboradores.

Inclusive, para aqueles que sabem como aproveitar bem o home office, existem diversas vantagens neste modelo de trabalho. E, da mesma forma, também existem algumas possíveis desvantagens para se estar atento.

Vantagens do home office

  • Aumento na produtividade (Indeed)
  • Evita o tempo de deslocamento e o estresse causado pelo trânsito e meios de locomoção lotados
  • Maior equilíbrio entre família e trabalho (Owl Labs)
  • Diminuição nos custos operacionais (Indeed
  • Redução na taxa de ausência (Indeed

Desvantagens do home office

  • Maiores dificuldades na comunicação entre colaboradores do time
  • Redução de networking
  • Tendência ao aumento da carga horária 
  • Aumento da distração com assuntos não relacionados a trabalho
  • Distanciamento entre líderes e colaboradores, prejudicando feedbacks e, consequentemente, o desenvolvimento profissional

Home office em números

Existem inúmeras empresas e profissionais que aderem ao home office no Brasil e no mundo. Alguns possuem a opção de atuar 100% em home office enquanto outros trabalham de forma híbrida, alternando entre trabalhar remotamente ou de forma presencial.

Para conhecer alguns dados sobre home office, dá uma olhada nesse infográfico:

1) A regra é clara: home office é trabalho e não férias

Se você mora com outras pessoas e optou por trabalhar de casa, não esqueça de avisá-las que você está trabalhando normalmente. É comum que a sua presença em casa seja confundida com disponibilidade para tarefas domésticas e outras atividades que não fazem parte do seu trabalho. Estabeleça horários e combine com as demais pessoas de informar quando estiver disponível.

2) Separe um espaço específico para ser seu ambiente de trabalho

O conforto da sua cama pode até parecer uma opção agradável, mas, sem dúvidas, também será uma distração para você. Não deixe sua produtividade cair, organize um local (de preferência com mesa e cadeira) para passar suas horas trabalhando.

3) Mantenha uma rotina profissional

Assim como você trocaria de roupa todos os dias de manhã para ir ao escritório, faça o mesmo quando for começar a sua jornada de home office. Trabalhar de pijama faz com que o seu cérebro entenda que você está em um momento de descanso ou lazer. Além disso, colocar outra roupa também te deixa preparado para possíveis reuniões em vídeo que possam acontecer.

4) Comunicação clara é fundamental

Uma das maiores dificuldades quando se trata de home office é manter o alinhamento entre colaboradores e líderes. Como saber o que cada um está fazendo e como estão as demandas e os prazos? Para que todos estejam na mesma página, defina uma ferramenta de gerenciamento de tarefas para a equipe, em que todos possam listar suas demandas e o status delas. Do mesmo modo, escolha um único canal de comunicação oficial, para evitar ruídos e retrabalho.

5) Evite distrações externas

Tem animais de estimação em casa? O celular não para de receber notificações pessoais? A televisão está logo ali? Então já se prepare para evitar essas e outras distrações. Em casa, você acaba se distraindo com mais facilidade e um minutinho aqui e outro ali acabam virando horas. Escolha um ambiente em que não será interrompido e desligue notificações externas como se estivesse trabalhando presencialmente. Não deixe que as distrações te roubem uma parte considerável do seu tempo.

6) Hábitos saudáveis devem continuar

No home office, você acorda de manhã, escova os dentes, lava o rosto e vai direto para a sua mesa de trabalho? Então pare e volte duas casas! Estar em casa pode te fazer esquecer de hábitos simples que te mantém saudável. Por isso, antes de se sentar, busque uma garrafa de água para te acompanhar nas horas de trabalho, mantenha-se sempre hidratado, isso te ajuda a se concentrar e manter o foco. Uma boa alimentação também vai ajudar na sua produtividade, além de fazer pequenas pausas para alongar as pernas e oxigenar o cérebro.

Extra: conheça 5 aplicativos para te ajudar a ser mais produtivo no home office

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Escola Conquer (@escolaconquer) em

Quer aprender mais dicas de produtividade para te ajudar no home office? Baixe nosso E-book de Produtividade gratuito! Você vai encontrar várias técnicas para te ajudar a vencer a procrastinação e aproveitar seu potencial máximo.