Estive no museu da família Walt Disney, localizado em San Francisco, na Califórnia. Lá conheci a fundo a parte da vida de Walt que nem todos conhecem: sua trajetória como empreendedor antes da Disney se tornar o que é hoje.

Nesse artigo vou contar um pouco dessa história e trazer 4 lições importantes de empreendedorismo e liderança.

1. Eu estarei aberto a mudanças e novos desafios com entusiasmo e otimismo!

“Toda a adversidade que eu tive na minha vida, todos os problemas e obstáculos, me deixaram mais forte... Você pode não perceber quando isso acontece, mas um chute no dente pode ser a melhor coisa no mundo para você.” - Walt Disney

A história de sucesso de Walt Disney, na verdade, é uma história de muitos fracassos.

Desde pequeno Walt gostava de desenhar e aos 19 anos, após retornar da I Guerra Mundial, abriu sua primeira empresa, vendendo desenhos dos personagens que desenhava desde sua infância.

Sem dinheiro para pagar aluguel e nem para comprar comida, Walt foi forçado a viver com amigos. Mas as dificuldades não fizeram ele desistir!

2. Eu vou falhar e falhar de novo até chegar lá.

“Se você pode sonhar, você pode fazer.”

Aos 22 anos, Walt declarou falência de sua empresa de desenhos em Dallas, após repetidas tentativas de reabertura seguidas por falência.

Ele também tentou ir para Hollywood e virar ator, o que nunca conseguiu.

E quer saber de um fato que chega a ser engraçado? Walt chegou a ser despedido por um editor de jornal, acusado de ser preguiçoso e de não ter imaginação e criatividade. Sem imaginação e sem criatividade, dá pra acreditar?

Três anos mais tarde, ele retornou a Hollywood para tentar novamente seguir seu sonho de criança e abriu um estúdio em uma garagem. Após 5 anos, quando novamente já estava sem capital nenhum, emplacou sua primeira animação, “Alice in Cartoonland”, mas não obteve sucesso.

Depois do curta veio "Oswald - O Coelho Sortudo", que acabou sendo tomado pela empresa que financiou o projeto. Não tendo mais os direitos sobre Oswald, Walt e seus sócios - Roy e Iwerks - precisaram pensar em uma alternativa para levar seus sonhos a diante. Foi aí que nasceu o camundongo Mortimer, que mais tarde foi batizado pela esposa de Walt, Lily, de Mickey.

3. Eu buscarei PROGREDIR todos os dias.

“Quando você acredita em algo, acredite nele todo o caminho, de uma maneira implícita e inquestionável.”

Mickey ganhou forma pelas mãos de Iwerks, colega de Walt, e mais tarde se tornou símbolo da nova empresa, a Disney’s Brothers Studios. E logo Mickey ganhou uma parceira, a Minnie, e o seu primeiro filme.

Como o orçamento era baixíssimo, o filme foi dublado pelos próprios sócios para reduzir os custos.

E esse foi só o começo.

4. Na dúvida eu faço!

“A maneira certa de começar é parar de falar e começar a fazer.”

Depois do sucesso de Mickey Mouse, Walt Disney começou a trabalhar em "A Branca de Neve" e apesar de seus sócios acharem que era loucura continuar - porque ele acabou ficando sem dinheiro no meio da produção - ele continuou acreditando no seu projeto.

Ele mostrou os clipes do filme no bruto para produtores na tentativa de salvar a empresa e foi exatamente o que aconteceu! Com o filme financiado, ele terminou a produção e “A Branca de Neve” foi considerado um grande sucesso, até hoje é considerado um clássico da animação.

Depois disso, a história é de sucesso. Disney começou a trabalhar em longas-metragens, a Disney´s Brothers Studios cresceu, e hoje é o maior conglomerado de mídia e entretenimento do planeta.

“Se você pode sonhar você pode fazer. Lembre-se sempre que tudo isso foi iniciado com um sonho e um rato. “

#QUEROMAIS

Quer conhecer mais sobres esta história, recomendo o documentário “Walt antes de Mickey”, disponível no Netflix. O trailer desse filme já é muito inspirador!

Quer aprender a vencer desafios, inspirar e engajar pessoas, desenvolver times de alto desempenho e fortalecer a cultura nesse novo e atual cenário? Conheça o GBC em Liderança e Gestão de Pessoas da Conquer e torne-se um líder ainda mais preparado.