Como fazer team building com equipes remotas ou híbridas

Quando ainda estava na escola, a gaúcha Helena Maria Balbinot escreveu um desabafo para Carlos Drummond de Andrade. A professora de literatura da Helena não gostava do trabalho do autor, mas para ela, ele era o maior poeta do Brasil.

Pra surpresa da garota, a resposta veio alguns dias depois, e foi aí que começou uma amizade que durou 24 anos, de forma totalmente remota, pois ele era do Rio de Janeiro e ela do Rio Grande do Sul.

Será que sem a magia do papel e caneta nós ainda conseguimos construir esse nível de conexão no online? Como engajar pessoas à distância e criar laços verdadeiros através de uma tela? Quais estratégias de team building realmente dão resultados? 

Para te ajudar a vencer esses desafios, a Conquer preparou um kit de conteúdos gratuitos e super completo sobre team building para equipes remotas e híbridas que te equipa com conhecimento atual e ferramentas práticas. 

Ao baixar o kit, você recebe:

  • Um guia que ensina a planejar e executar ações de team building remoto no detalhe
  • Lista com 8 dinâmicas específicas para desenvolver e aproximar equipes remotas
  • Painel no Trello para te ajudar a documentar equipes e controlar as dinâmicas
Kit - como fazer team building com equipes remotas ou hibridas

Depois de ler o kit sobre team building remoto, você saberá:

Como a pandemia tem mudado o team building

O que define um bom team building online

A diagnosticar uma equipe antes das atividades

5 pontos que você deve levar em conta ao planejar as atividades

A engajar lideranças e C-Levels nas dinâmicas

Como montar uma checklist de organização pré-team building online

A escolher a atividade certa para a equipe certa

Como aplicar as atividades e interpretar os resultados

Confira um teaser do conteúdo que te espera:

 

Diagnosticando uma equipe antes do team building

Com tanta coisa mudando na forma de trabalhar, antes mesmo de começar a escolha do team building para uma equipe remota ou híbrida, é uma boa ideia reexaminar aquela equipe e entender os desafios atuais. 

Imagine que você é um médico recebendo um paciente. Ele entra no seu consultório queixando-se de dor na garganta, fraqueza no corpo e febre. 

Pra diagnosticar o problema, você segue todo um protocolo de perguntas e anamnese. 

Já para descobrir o que está atrapalhando as relações entre uma equipe, uma dica é analisar as 5 pontas da Estrela do Engajamento.

Estrela do Engajamento

Essa é uma ferramenta prática que parte do pressuposto que o engajamento de uma equipe se sustenta nos seguintes pilares:

• Segurança psicológica: o engajamento cai quando as pessoas são criticadas por opinarem ou quando suas sugestões são ignoradas

• Mentalidade de crescimento: pessoas ficam desengajadas quando têm uma mentalidade mais rígida, ou seja, escondem erros, fogem de desafios, e não veem uma falha como oportunidade de crescimento.

• Consciência de vieses: equipes engajadas estão conscientes de “armadilhas mentais” e vieses que podem atrapalhar seu julgamento, e trabalham juntas para evitar que eles guiem as decisões do dia a dia.

• Equilíbrio de tarefas: existe uma queda no engajamento quando apenas os colaboradores de alta performance recebem as tarefas mais complexas, e os de menor performance apenas as mais simples. 

• Autonomia: equipes engajadas têm uma quantidade considerável de autonomia, e o líder encoraja a criatividade, a inovação e o pensamento próprio.

Voltando na nossa analogia da consulta médica, você chega à conclusão que o paciente tem uma inflamação bacteriana na garganta. Para restaurar a saúde dele, prescreve um antibiótico, pastilhas para dor, um antitérmico e a ingestão de líquidos.

Com o team building corporativo, é a mesma coisa. Depois de identificar quais “pontas” da estrela precisam de ajuda, você vai precisar de um trabalho contínuo, com várias frentes, para que os times criem laços profundos, conquistem a confiança uns dos outros e brilhem juntos. 

O final de ano é uma ótima oportunidade para criar momentos únicos e de alto impacto, reforçando laços e construindo um time forte e engajado para 2022. Conheça as soluções de Team Building, Workshops e Palestras da Conquer In Company →

Comentários