Até agora todos nós entendemos quão insanamente diferente o futuro (provavelmente) será do presente.

A mudança está sendo impulsionada em um ritmo cada vez maior, as empresas digitais locais se tornando gigantescas e globais apenas alguns meses depois de terem sido criadas, os mercados mudando a uma velocidade radical (Hello China!) e os sistemas sociais quase não acompanham o que está acontecendo no mundo.

Sabemos que todos esses fatores podem mudar a qualquer momento o que estamos fazendo e como estamos operando. E então: quanto tempo gastamos pensando sobre isso?

Quanto tempo você tira do seu trabalho diário para gastar em análise, discussão e reflexão profunda sobre o que tudo isso significa para você e para sua empresa? Coisas boas e ruins?

Eu tenho o grande privilégio de trabalhar com alguns dos melhores empresários por aí e eles mal encontram tempo para parar, refletir e projetar.

Este é erro enorme e muitas vezes bem caro.

Décadas atrás, fiquei fascinado ao ouvir sobre os famosos retiros de leitura regularmente agendados por Bill Gates - tempo que ele passa longe da empresa, trancado em uma cabana, lendo as últimas reflexões sobre aonde o mundo está indo. Inicialmente, achei que fosse excêntrico e talvez até inútil. Afinal o cara tem uma empresa para rodar! E não é qualquer empresa!

Comece a pensar sobre isso, pode ser uma das melhores formas de você usar o seu tempo!

Eu realmente recomendo que você coloque espaços regulares nos seu calendário para investir tempo se informando sobre o que o futuro reserva, procurar opiniões e desafiar suas próprias suposições. O retorno provavelmente será enorme!

Artigo traduzido do The Heretic, canal de artigos com a opinião de Pascal Finette, VP da Singularity, Universidade do Futuro.

*Tradução livre e adaptada com autorização do autor.