Já se pegou pensando que não sabia por que estava fazendo alguma coisa? Que aquilo parecia sem propósito?

Por inúmeras manhãs, eu acordava e pensava: por que estou levantando a essa hora?

Era tão automático, correria cotidiana, solucionar pendências do trabalho, almoçar com os colegas, contar os dias para chegar o final de semana para aproveitar com a família.

As coisas não faziam sentido!

Alguns anos se passaram e, hoje, eu tenho muito orgulho de me perguntar: por que eu estou levantando de manhã cedo? Hoje, eu tenho muito claro para mim.

Então, essa é a pergunta que eu faço a muitas pessoas que eu tenho a oportunidade de conhecer e entrevistar.

O que realmente está por trás desta simples pergunta  → Qual o seu PROPÓSITO? Qual a sua paixão? O que te move? O que te deixa feliz?

E isso engloba nossos maiores sonhos, engloba nossa família!

Depois de passar 35 anos trabalhando em diversos tipos de organização, dos mais diferentes segmentos de atuação, consegui enxergar que o que realmente me fazia levantar de manhã cedo não era aquele cargo de gerente, não eram os benefícios, nem férias (que geralmente optava por um local mais longe possível, sem sinal de celular)...

Descobri, nesses últimos meses, que meu propósito de vida era bem diferente daquilo tudo que vivenciei nesses anos. Foram anos de muitas experiência, sou eternamente grato por todas decisões tomadas e vejo que todas foram extremamente importantes para me tornar a pessoa que sou hoje.

Como encontrei meu propósito

Descobri que minha base são PESSOAS. É estar com pessoas. É entrevistar e conhecer pessoas. Além disso, meu negócio é poder ajudar pessoas. Por isso, gosto de saber o que pensam, como fazem, como fariam algo, suas fortalezas, suas fraquezas, onde que é bom, o que precisa melhorar, enfim, de ajudar a pessoa a se encontrar.

Além de ter esse contato com pessoas e poder ajudar de alguma forma, o tesão do negócio é mesmo quando acaba, de fato, impactando o dia dessa pessoa. Impactando aquele momento de forma que ela volte para casa e faça pensar sobre tudo que falamos e que acenda dentro dela aquele propósito, aquela paixão adormecida.

Paixão essa que irá ajudar a encontrar o real propósito da vida dela.

Neste momento, eu penso: é por isso que eu levantei hoje.

Impactar a vida das pessoas de forma positiva é o que me faz viver e ser melhor a cada dia.

"Tá bom, mas como que faz isso?" Você deve estar se perguntando.

Trabalhar duro por algo que não acredita chama-se estresse. Trabalhar duro por algo que você acredita chama-se PROPÓSITO.

Pode parecer “besta”, mas é a mais pura verdade. Pare e olhe para você agora. Pense na sua semana.

Então lá vamos nós!

Como encontrar o seu propósito

1) Pare e pergunte

Quero ajudar você compartilhando aqui algumas perguntas que podem fazer você refletir e começar a encontrar esse caminho.

  1. Se não tivesse que se preocupar com dinheiro, o que você faria com o seu tempo?
  2. Que tipo de trabalho você gostaria de fazer?
  3. Para que causa você trabalharia?
  4. Que tipo de atividade profissional me permite ser coerente com o que é sagrado para mim?
  5. Que empresa ou organização me dá a oportunidade de viver alinhado(a) com minha Visão e meus Valores?
  6. Que relacionamentos me aproximam e que relacionamentos me afastam do meu Caminho?
  7. Que ambientes e rotinas fazem sentido para mim e que ambientes e rotinas sugam a minha energia e me deixam com uma sensação de impotência, conflito interno e estagnação?

Essas perguntas nos fazem pensar bastante e nos tiram da zona de conforto.

Por isso, minha dica é pegar todas essas ideias que estão surgindo e embaralhando a sua mente e jogá-las num papel ou, para aqueles mais “High Tech”, num “mind map”. Assim, o simples fato de escrevê-las fará com que sua mente comece a se organizar e concatenar tudo. Você verá que as ideias começarão a fazer sentido.

2) Mentoria

Agora, a dica é procurar um mentor. Isso mesmo, sozinho dificilmente conseguiremos.

Por isso, pesquise sobre alguém que seja referência naquilo que você procura. Alguém que inspira, que te fará perguntas que vão tirar você da zona de conforto.

Vá atrás dele e peça para ser mentorado.

Mas leve até ele todo esse seu entusiasmo e brilho nos olhos. Dessa forma, eles servirão de combustível para que ele acredite e ajude você a chegar lá!

Assim como eu, você precisa encontrar qual é o seu propósito. Isso vai fazer você saltar da sua cama todos os dias com uma energia que você mesmo nem vai acreditar.

Neste momento, você entenderá o que estou sentindo e transmitindo aqui. Verá que sua vida começará a fazer mais sentido.

Como falam… As coisas começam a se encaixar. Você será uma pessoa mais feliz e muito, muito mais confiante.

Definitivamente entenderá que o dinheiro é apenas uma consequência.

Não quero dizer que a partir desse momento sua vida ficou “virada em flores”. Pois, com certeza, você encontrará dificuldades, terá de fazer coisas que não gosta e passará por momentos de incerteza. Mas tenho certeza de que, se você tiver bem claro qual é o seu propósito, e estiver junto com um Mentor, essas adversidades serão enfrentadas de forma diferente e não faltará energia para superar esses obstáculos.

Por fim, lembre-se: você é aquilo que as 5 pessoas com quem você mais convive refletem!

Então, “bora” ter atitude para agir em prol das reflexões acima em busca daquilo que realmente faz sentido para você!.

Espero que, de alguma forma, essa leitura tenha ajudado, assim como muitas pessoas têm me ajudado todos os dias.

Artigo escrito por Otávio Dullenkopf Torres, Head de Pessoas na Contabilizei e professor convidado do curso Leadership Experience.