Você é uma pessoa bem-humorada? Não? E se eu te disser que para obter uma alta performance em entrevistas ou progredir na carreira é necessário ter bom humor? É verdade! As pessoas mais bem-humoradas costumam ser as mais produtivas e criativas.

Quem não gosta de ficar perto de pessoas bem-humoradas? A energia delas é sempre cativante. Pensa comigo: quando você está nervoso, com medo e de mau-humor, consegue fazer suas atividades direito ou acaba se atrapalhando e cometendo vários erros como eu?

Para explicar melhor sobre como isso funciona e ainda dar algumas dicas sobre como ser mais bem-humorado, eu conversei com o especialista em bom humor Roberto Caruso. Ele me disse coisas realmente impressionantes que podem fazer a diferença na vida de qualquer um.

Quando você é bem-humorado, tudo muda de cor. Você passa a ser mais otimista e com isso os obstáculos deixam de ser empecilhos e passam a ser desafios de aprendizado que você enfrenta de cabeça erguida, obtendo bons resultados e atingindo seus objetivos.

Com o humor, toda a sua atitude muda e você é capaz de encontrar mais motivações para seguir seus sonhos. No entanto, muitas pessoas sentem dificuldades em achar esse bom humor, devido às preocupações diárias e à vida tão ocupada e estressante.

É por isso que eu decidi listar para você algumas das dicas que o Caruso me passou sobre como melhorar o seu humor e viver de forma mais plena. Dê uma olhada abaixo para aprender mais:

Conecte-se consigo mesmo

A primeira coisa a se fazer para estar sempre bem-humorado é ter uma boa conexão consigo mesmo. Isso significa que você precisa ter amor próprio, gostar da pessoa que você é, se aceitar do jeito que você é e ter prazer em sorrir para si.

Ao estar satisfeito e alegre consigo, você automaticamente passa a ficar mais leve e bem-humorado, notando as coisas boas que muitas vezes você nem repara em meio às chateações do dia a dia.

Cuide de si

Depois de aprender a se gostar, você precisar cuidar da sua mente e do seu corpo. Alimente-se bem, não se esqueça de beber água e procure sempre se divertir. É possível sentir prazer fazendo coisas pequenas, como assistir a um filme com seus amigos ou fazer um piquenique no parque.

O importante é colocar energias positivas em cada detalhe do seu dia, até naqueles que parecem ruins. Entenda-os como formas de aprendizado para que você saiba como evitá-los no futuro.

Preste atenção nas suas palavras

As palavras possuem frequências que podem ser positivas ou negativas. Se você falar muitas palavras negativas e de baixo calão, a sua energia diminui e você vai ficando cada vez menos contente e animado, mesmo que demore para perceber.

Isso não quer dizer que você não possa se expressar como quiser, apenas que você deve buscar palavras e frases alternativas que representem praticamente a mesma coisa só que pendendo para o lado da positividade ao invés do da negatividade.

Por exemplo, em vez de falar “eu não quero cabelo liso”, você pode falar “eu quero cabelo cacheado”. Dessa forma, a frase negativa passa a ser positiva e a sua reclamação é feita da maneira como deveria sem ter o peso de algo ruim.

E nos dias em que eu estiver pra baixo, Taís, o que faço?

Primeiro aceita, pois você é um ser humano e sempre sentirá todo o tipo de emoção. Só não sente emoção quem é psicopata e quem já morreu. Espero que não seja o seu caso. Mas quer uma dica para mudar o seu estado de espírito? Faça alguém feliz! Dê um sorriso sincero para alguém que você goste, doe algo para alguém que está passando por mais dificuldades que você, faça uma carta de agradecimento para quem já te ajudou. Pequenos gestos tem o poder de mudar o nosso dia! E nada melhor do que se doar.

Uma das minhas metas do ano passado foi sorrir mais. Sim, é sério... Eu era o tipo de pessoa que todo mundo achava séria demais... E, no ano passado, fiz uma reunião online (estava mega estressada naquele dia), o skype travou e a imagem do meu cliente ficou congelada. Ele sorria... Ao olhar aquela tela com um sorriso sincero eu me senti muito melhor. Inacreditável o poder daquele sorriso. Naquele momento eu decidi que sorriria mais. No começo foi difícil, parecia forçado, mas aos poucos eu me obrigava a sorrir e quando sorria eu tinha verdadeira vontade de continuar sorrindo. Foi incrível. Hoje eu rio à toa e faço questão de olhar as pessoas nos olhos (principalmente aqueles que são "socialmente invisíveis") e sorrir pra eles. É tão bom. Um sorriso pode mudar o dia de alguém, principalmente daquele que o expressa. Então convido você a fazer o mesmo. Que tal colocar aí a meta de sorrir mais na sua to do list?

Tais Targa é Job Hunter, Especialista em Recolocação e Carreira, Psicóloga, Coach e Mestre em Educação. Reconhecida como uma das 15 brasileiras que mais influenciaram o LinkedIn em 2016 – LinkedIn Top Voices. Vlogueira, Palestrante, Escritora, viciada em redes sociais e Diretora da empresa TTarga Carreira e Recolocação.

Acompanhe a Tais: LinkedInFacebookInstagram e Youtube.