Imagine uma pessoa que tem uma tarefa muito importante para fazer e tempo suficiente para realizá-la, afinal o dia está só começando.

Então ela começa a fazer a tarefa e para pra olhar um whatsapp, um e-mail, um post engraçado que alguém compartilhou no Facebook, uma notícia superinteressante... E assim vai.

Aí quando ela percebe que se distraiu, volta a pegar a tal da tarefa pra fazer. Mas aí aparece um colega e puxa uma conversa, entra outro e-mail na sua caixa, ela resolve ir tomar um cafezinho (rapidinho) e, quando se dá conta, passou o dia e ela não conseguiu executar tudo o que precisava porque o dia simplesmente terminou.

Ela se sente mal por isso e jura que no dia seguinte as coisas serão diferentes, que vai priorizar aquela tarefa. Mas aí acontece tudo de novo…

Agora me diz... Você já se sentiu assim também, não é?

Acontece!

Mas por que acontece? Porque você, provavelmente, sofre de procrastinação. E é assim com a maioria das pessoas. Um ciclo vicioso no qual nos colocamos sem entender muito como ou o porquê.

A boa notícia é que existem técnicas que podem te ajudar a vencer a procrastinação e tornar seu dia mais produtivo e nesse artigo eu vou te apresentar a Técnica Pomodoro.

Em 1980, um italiano chamado Francesco Cirilo criou essa teoria que te ajuda a manter o foco e a concentração.

Pomodoro, em italiano, significa “tomate” e esse nome foi escolhido depois que o Francesco usou aqueles cronômetros de cozinha com o formato de um tomate para gerenciar o seu tempo.

É uma ferramenta bem simples que fará uma enorme diferença no seu ganho de produtividade e na sensação de dever cumprido.

Quer saber como ela funciona? Então selecione uma tarefa e siga estes 4 passos.

1- Programe um alarme

Programe um alarme, pode ser no celular mesmo, para 25 minutos – intervalo chamado de 1 pomodoro.

Durante estes 25 minutos (nem mais, nem menos) você deverá ficar focado apenas na tarefa escolhida. Por exemplo: uma pesquisa, uma planilha, uma apresentação.

Num período curto assim é quase impossível que você perca o foco e, caso termine a tarefa antes, aproveite o tempo restante para revisá-la ou aprimorá-la, mas utilize 100% do pomodoro nela!

2- Faça uma pausa

Encerrado o tempo de 1 pomodoro, faça uma pausa de 5 minutos!

As pausas são fundamentais nesta técnica, por isso nem pense em pulá-las! Você deve utilizá-las para relaxar um pouco, fazendo qualquer coisa que não te exija tanta concentração.

Tem que ser algo leve. Esse tempo é importante para a sua mente descansar e manter a energia. A cada 4 “pomodori”, ou seja 4 x 25 minutos, você deve se dar uma pausa maior, de 15 a 30 minutos.

3- Faça 2 listas

Além do cronômetro, você precisará de duas listas simples que podem ser feitas em papel ou em um aplicativo como o TodoIst (ensinamos como usa-lo aqui)

Numa das listas, que será o seu “inventário”, você deverá escrever todas as suas tarefas atuais e futuras.

Na outra lista, constarão apenas as “tarefas do dia”. Nela, coloque o nome das tarefas e uma estimativa de quantos “pomodori” serão necessários. No começo, pode parecer um pouco difícil estimar, mas com o tempo você pega o jeito.

Já fica a dica: se a tarefa for muito grande, quebre-a em tarefas menores!

4- Cuidado com as interrupções!

Evite as interrupções ao máximo, desativando notificações do celular, retornando ligações e e-mails posteriormente e sinalizando aos colegas que você está ocupado. Eles irão respeitar sua concentração.

Viu só?!

Dava pra chamar essa técnica de ‘mamão com açúcar’ de tão fácil de aplicar no seu cotidiano. Você vai ver que realizar suas tarefas do dia, além de te tornar muito mais produtivo, farão você se sentir muito mais satisfeito consigo mesmo.

Quer se tornar uma pessoa mais produtiva, organizada e capaz de fazer acontecer com mais velocidade, conheça o curso Alta Performance da Conquer. Nele você vai aprender tudo o que precisa para performar em alto nível: aprender a vencer a procrastinação, mudar os seus hábitos, aumentar a sua produtividade e executar no seu máximo para produzir melhores resultados em menos tempo.