A maioria de nós está insanamente ocupado nos dias de hoje. Nós corremos de uma reunião para outra, atendemos algumas ligações rápidas, checamos constantemente nosso e-mail e redes sociais e tentamos nos espremer a tempo de fazer algum trabalho de heads-down.

Para muitos de nós, isso resulta não apenas em um estado constante de ocupação, níveis elevados de estresse (que adoramos ignorar) e, infelizmente, resultados bastante medíocres. Na loucura de nossos dias (e muitas vezes noites), nos esquecemos de fazer a única coisa que importa: produzir.

Se você não produz, não vai prosperar - não importa o quão qualificado ou talentoso você seja.

A produção, que o dicionário define como “fabricar ou fabricar a partir de componentes ou matérias-primas / criar ou formar (alguma coisa) como parte de um processo / produção físico, biológico ou químico (algo) usando habilidades criativas ou mentais” é a única coisa que determina nosso sucesso de uma maneira binária: se você produz, tem uma chance de ser bem sucedido. Se você acaba não produzindo (muitas vezes porque está ocupado demais com o trabalho), você nem pega o seu ingresso para o passeio.

Ao analisar as próximas semanas, pergunte a si mesmo se cada um dos itens da sua lista de tarefas e os blocos de tempo do seu calendário levam você a  produzir ou só te mantém ocupado.

Faça a escolha radical de concentrar seus esforços unicamente na produção de resultados tangíveis para o que quer que seja que você queira fazer no mundo.

É a única maneira de prosperar.

Artigo traduzido do The Heretic, canal de artigos com a opinião de Pascal Finette, VP da Singularity, Universidade do Futuro.

*Tradução livre e adaptada com autorização do autor.

Quer descobrir 10 práticas para ser tornar mais produtivo?! Então baixa nosso e-book gratuito com 10 dicas práticas para quem quer se tornar uma pessoa mais produtiva, organizada e capaz de fazer acontecer com mais velocidade.