“Todos deveriam aprender a programar um computador, porque isso ensina a pensar.”

Esta frase é de Steve Jobs, criador de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. 

Além de ser utilizada para desenvolver softwares e soluções tecnológicas super complexas, a programação pode trazer benefícios que você nem imagina, como desenvolver o seu raciocínio lógico e simplificar tarefas do dia a dia, por exemplo.

IoT (Internet das coisas), robótica, Inteligência Artificial… os computadores se tornam uma parte cada vez mais importante da nossa rotina. Está mais do que na hora de aprendermos a nos comunicar com eles!

E não é preciso ser nenhum Steve Jobs para aprender a programar - na realidade, é muito mais simples do que parece.

Neste texto, vamos te mostrar 7 bons motivos para aprender a programar agora mesmo. Vamos lá?

1. Desenvolver o raciocínio lógico

Aprender a programar requer colocar em prática habilidades e teorias de várias disciplinas diferentes, como matemática, física, inglês… 

A capacidade de pensar de forma multidisciplinar - mais conhecida como “pensamento computacional” - também pode te ajudar a desenvolver o raciocínio lógico e a capacidade de solucionar problemas.

2. Se destacar profissionalmente

Grande parte das carreiras e habilidades que estão ganhando destaque na era exponencial demandam, em maior ou menor grau, algum conhecimento de programação.

Os cargos de Desenvolvedor de Softwares e Desenvolvedor de Aplicativos devem ser dois dos mais buscados pelas empresas em alguns anos, segundo o relatório do Fórum Econômico Mundial.

Carreiras emergentes nas áreas de Comunicação e Tecnologia da Informação

Carreiras emergentes nas áreas de Comunicação e Tecnologia da Informação

Future of Jobs Survey 2018. Fórum Econômico Mundial

E mesmo que você não pretenda seguir uma carreira nesta área, habilidades como pensamento crítico e analítico, resolução de problemas complexos e até mesmo a própria programação estão entre as mais desejadas para os profissionais do futuro.

Habilidades profissionais emergentes

Habilidades profissionais emergentes

Future of Jobs Survey 2018. Fórum Econômico Mundial

3. Ganhar mais autonomia e agilidade no trabalho

A partir da programação, é possível automatizar uma série de tarefas repetitivas do dia a dia. Criar automações, classificar e filtrar dados de forma ágil, atualizar relatórios e dashboards, fazer disparos automáticos de e-mail… e essas são apenas algumas atividades que podem ser otimizadas com a programação.

O profissional capaz de utilizar a programação para automatizar tarefas ganha muito mais autonomia e agilidade no seu trabalho, se torna mais produtivo, melhora seus resultados, se destaca e acelera a sua carreira.

4. Se organizar pessoal e profissionalmente

Hoje, rico é quem tem tempo - e saber programar te ajuda a economizar o seu!

Automatizar tarefas contribui tanto para a sua organização profissional, quanto para a sua organização pessoal. 

Por exemplo, você pode receber todas as manhãs no seu Telegram/WhatsApp um conjunto de informações personalizadas - como a previsão do tempo, informações sobre o trânsito e a sua agenda do dia.

5. Lidar com Big Data

Que profissional não trabalha com dados hoje em dia? Eles já são uma parte fundamental do trabalho da maioria das empresas e profissionais. E a programação é o que torna possível gerar e gerenciar bases com um grande volume de dados.

Automatizar essas bases facilita a visualização dos resultados e deixa mais tempo para que os profissionais possam focar no que realmente interessa: fazer análises e orientar a tomada de decisão.

6. Estimular a criatividade

Quando você começa a entender tudo o que dá pra fazer com a programação, um novo mundo de possibilidades se abre. Você descobre novas formas de pensar e se expressar e passa a considerar soluções criativas para problemas que antes pareciam não ter saída.

7. Tirar ideias do papel

E a programação não serve apenas para gerar novas ideias, mas também para colocá-las em prática! Programar é dar forma às ideias, transformando-as em produtos e soluções que podem resolver problemas para você ou para o seu cliente.

E aí, ficou com vontade de aprender a programar

Se você se interessou pelo assunto mas ainda não sabe por onde começar, conheça o curso Programação para não programadores da escola Conquer!