Você já andou pelo corredor de frutas de um mercado e se surpreendeu com uma goiaba descascada? Caso não, fica o spoiler: existe. Já pensou se ela já estivesse picada e viesse com garfo? E se você pudesse comprá-la mandando um áudio falando “goiaba” para um chatbot? Pensar nisso é pensar em UX.

Pera lá, bora entender melhor. UX é a sigla de User Experience, ou Experiência do Usuário. Longe de ser somente nossa relação com interfaces, UX representa toda a interação do cliente com um produto ou serviço.

E quem tá falando isso não é a Conquer, mas o cientista cognitivo que ajudou a popularizar o termo UX, Don Norman, que já foi nada mais nada menos do que vice-presidente da Apple:

“User Experience é tudo! É a forma com que você sente o mundo, é a forma como você experiencia a sua vida, é a forma como você experiencia um serviço, um aplicativo, um sistema de computador.”

Você tem notado, especialmente nos últimos meses, que as empresas estão implementando apps mais intuitivos e atendimentos via chat mais funcionais? 

Pois bem, com o boom do e-commerce e o aumento da concorrência, as companhias estão focando seus negócios na experiência do usuário para se diferenciar. E isso significa cada vez mais oportunidades para os UX Designers.

Não por acaso, a demanda por esse profissional aumentou 69% apenas entre 2018 e 2019, segundo estudo da consultoria NN/g. Além disso, UX Design esteve no ranking do LinkedIn de competências com maior demanda em 2020.

Bora entender mais sobre esta área de atuação em alta, o que um profissional de UX faz e quais são as vantagens de aprender o tema? Segue comigo neste post!

Hey, a Conquer liberou uma aula gratuita sobre User Experience e tá imperdível! Clique neste link e faça sua inscrição agora para garantir uma vaga.

O que é UX Design

O UX Design é uma área que desenha estratégias para garantir ao usuário a melhor experiência com um produto ou serviço, seja físico ou digital, no processo de compra, na utilização ou no pós-venda.

Além disso, ao ser aplicado em projetos ou empresas, o UX Design tem a finalidade de tornar um produto ou serviço, nessa ordem de importância, funcional, confiável, usável e prazeroso

Lembra da goiaba? As estratégias de UX garantem que a experiência do usuário seja incrível na hora de encontrar, pagar, receber e de consumir o produto. Ou até mesmo se precisar devolvê-lo.

E aqui não tem adivinhação, achismo, nem magia. São usadas técnicas para entender com profundidade necessidades, objetivos e limitações dos usuários. Com essas informações em mãos, é possível melhorar funcionalidades ou desenvolver novos produtos.

Para melhorar a experiência do usuário, o UX Design é uma área multidisciplinar, que inclui:

  • Pesquisa
  • Design de interação
  • Design de serviços
  • Design visual
  • Arquitetura de Informação

Parece amplo, né? E realmente é. Dessa forma, você pode se especializar ou então atuar de forma mais generalista – mas calma que vamos chegar lá!

UX Design versus UI Design

Antes de passar para o próximo tópico, vale fazer um adendo rápido para esclarecer uma dúvida bem comum: “qual é a diferença entre UX e User Interface (UI) Design?”. 

O primeiro se refere à experiência completa do consumidor, enquanto o segundo está relacionado, especificamente, à interação entre pessoas e máquinas (celular, computador, TV, e por aí vai). 

O que faz um UX Designer

Se UX Design é a estratégia de Experiência do Usuário, o UX Designer é, antes de tudo, um estrategista focado na melhoria contínua dessa experiência.

E o que isso significa na prática? Que você vai participar ou conduzir projetos ligados à experiência do usuário que vão da pesquisa, passando por protótipos e testes, até a implementação (sem se esquecer das ações de melhoria).

Especialidades de um UX Designer

São diversas possibilidades de carreira para um UX Designer. Conheça as principais:

  • UX Researcher: realiza pesquisas com usuários e analisa estratégias de negócio.
  • Information Architect: estrutura conteúdos que serão usados em interfaces.
  • UI/UX Developer: mescla programação e design para desenvolver interfaces.
  • Usability Analyst: realiza testes e garante a usabilidade de interfaces.
  • UX Writer: redige textos que solucionam as dores do usuário.
  • Product Designer: participa de todas as etapas e, por isso, precisa entender tanto de UX Design, como de UI Design.

Existe pré-requisito para ser UX Designer?

Por ser uma profissão nova, os UX Designers costumam vir de backgrounds diferentes, como Marketing, Administração e Engenharia, além de Design. Isso significa que não há um pré-requisito específico para se tornar um. 

Mas é claro que se especializar no assunto e construir um portfólio interessante vai te colocar muito à frente na hora de concorrer a vagas.

Agora que você já sabe mais sobre este mercado, bora ver quais são as vantagens de aprender sobre UX Design? 

1. Mercado de trabalho aquecido

Se tem gente pensando que os robôs vão roubar nossas profissões, seriam então os UX Designers robôs disfarçados? Olha só esses dados...

O UX Designer passou de uma profissão inexistente para uma profissão em alta demanda em pouco tempo. Segundo uma pesquisa da consultoria NN/g, a profissão de UX cresceu de mil para cerca de 1 milhão de profissionais entre 1983 a 2017. 

E não é fogo de palha. Mudanças profundas trazidas pela Nova Economia, como maior foco no consumidor e em inovação, farão com que até 2050 sejam 100 milhões de UX Designers no mundo todo, segundo previsão do mesmo levantamento.

Por estarmos no início desse boom, agora é o momento ideal para migrar para a área e construir sua reputação no mercado.

2. Trabalhar com inovação

Se você parar para pensar nas marcas que mais fazem parte do seu dia a dia, provavelmente vai pensar em marcas inovadoras.  

Afinal, a inovação se tornou o pilar da cultura das empresas que lideram o mercado. É um caminho sem volta – e que bom, né?

Então, se você se empolga com a ideia de trabalhar com criatividade em projetos colaborativos e inovadores que renderão boas experiências para os usuários, UX Design com certeza é pra você.

3. Sua experiência é valorizada

No fim das contas, entender de UX é também entender de gente. Por isso, backgrounds diversos são valorizados, por agregarem novos pontos de vista às empresas. 

Além disso, essa é uma carreira em que as soft skills, como empatia, colaboração e curiosidade, são tão valorizadas quanto o conhecimento técnico sobre o tema.

4. Você poder trabalhar de qualquer lugar do mundo

Seja para ter experiências diferentes ou novas oportunidades de trabalho, a verdade é que muita gente sonha em morar fora do país. Se você faz parte deste grupo, trabalhar com UX te dá algumas vantagens.

Isso porque cada vez mais empresas no Brasil têm aderido ao trabalho remoto. Então, já é possível morar em um país e trabalhar em outro, especialmente se você for freelancer. 

Ah, e outra possibilidade é procurar startups (um nicho grande para quem trabalha com UX) que estão abrindo escritórios no exterior.

Além disso, se o seu objetivo é trabalhar na área de programação, há diversos países recrutando estrangeiros devido à alta demanda em profissionais de tecnologia.

5. Bons salários

E, por último, mais uma boa notícia. Devido ao aumento da procura por profissionais com essa habilidade, trabalhar com UX significa ganhar um bom salário. 

A maioria dos participantes da pesquisa Panorama UX, realizada pela pela consultoria Zoly em parceria com o podcast Movimento UX, recebe entre R$ 2.500 e R$ 8.000 por mês. Sendo que a média salarial é de R$ 5.008, segundo o portal de vagas Glassdoor.

Outro dado interessante está ligado especificamente aos Product Designers. Uma pesquisa global realizada pela plataforma InVision revelou que 84% deles receberam aumento nos últimos dois anos e esperam que seu salário cresça 20% nos próximos dois anos. Sinal de que o cenário tende a ficar ainda mais favorável.

E aí, o que você achou sobre UX Design? Se identificou? Para ajudar você a tomar a decisão certa na sua carreira, liberamos aulas gratuitas sobre UX Design e outros temas ligados à Nova Economia. Clique aqui e se inscreva.

E tem outra novidade: a Conquer pode te deixar muitos passos mais próximo desta profissão com o UX Bootcamp. Nele, você terá uma experiência imersiva, rápida e gamificada para aprender como criar estratégias infalíveis de UX Design e voar profissionalmente. 

bootcamp user experience

Você ainda terá a oportunidade de receber mentoria para desenvolver seu portfólio e ser parte de uma comunidade profissional de UX Designers, aumentando suas chances de ingressar neste mercado em ascensão. 

Clique aqui para saber tudo o que você aprenderá e garantir sua vaga neste bootcamp em UX Design.