BLOG

Empresas São Times, Não Famílias

Em Posts

07 de Janeiro de 2017 . Publicado por Conquer

Uma das coisas que escutamos regularmente de líderes é: “Nós somos uma grande família aqui na XYZ.”.

Porém, isso é algo constrangedor de se falar.

Eu entendo de onde isso vem – o que os líderes querem realmente falar é que se preocupam profundamente com os seus times.

O que é excelente. Mas,  infelizmente, a expressão “grande família” não é apropriada – ou isso levaria para a quebra da empresa.

Isso porque você não iria (normalmente) demitir a sua irmã. Mas você definitivamente demitira um colaborador com baixa performance e sem reações de melhora. Isso faz a empresa ser algo mais parecido com um time (de esportes) do que com uma família.

Quem expressa isso muito bem é a Netflix através do seu manifesto público:

Nós somos um time, não uma família. Nós somos com um time profissional de esportes, não um time recreativo infantil. Treinadores em todos os cargos da Netflix devem contratar, desenvolver e cortar de forma inteligente, para que tenhamos estrelas em todas as posições.

Pode soar um pouco menos amigável do que a fala da família. Ainda assim, a cultura pode fazer a sua empresa dar certo ou errado.

Leve um tempo para descobrir qual cultura você quer ter no seu trabalho, pois ela terá papel fundamental nos resultados que você quer criar. 

The Heretic é um canal de artigos com a opinião direta ao ponto de Pascal Finette, VP da Singularity, a Universidade do Futuro.

*Tradução livre e adaptada com autorização do autor, Pascal Finette.


Conquer

DEIXE UM COMENTÁRIO


NOME*

E-MAIL*

MENSAGEM*