Alta Performance não é a chegada, é o caminho.

Quem explica o título desta postagem é Juliana Loch, gerente-geral da Volvo Canadá e representante brasileira no Women Leaders Up, projeto de liderança feminina desenvolvido por Hillary Clinton. A Ju falou no Conquer Day sobre Alta Performance.

O primeiro contato que a Ju teve com Alta Performance foi através de uma lagartixa, em uma feira de ciências que participou durante o ensino fundamental. Ela escolheu falar sobre esse pequeno réptil,  então estudou tudo e mais um pouco sobre o bichinho. No dia da feira, em que cada aluno tinha que fazer a sua apresentação, ela conta que formavam-se filas e mais filas de pais interessadíssimos em ouvir o que ela tinha a dizer. Esse interesse dos pais não era necessariamente vinculado a lagartixa, mas a desenvoltura e paixão com que ela falava sobre o assunto.

Essa desenvoltura e paixão frente a um desafio é algo que ela mantém até hoje na sua vida profissional.

Juliana começou sua carreira na Volvo como estagiária e foi crescendo até ser expatriada aos 25 anos para assumir um cargo importantíssimo na sede no Canadá, em um novo departamento, em uma época de retração no mercado. Como se o desafio de mudar de país não fosse o bastante, chegando lá identificou que a empresa era completamente diferente da brasileira, com outros processos e produtos, além das dificuldades da cultura local, dominada por homens mais velhos do que ela.  Mesmo com todos esses fatores “jogando contra”, ela foi capaz de contorná-los e contribuiu para que a empresa tivesse um aumento de quase 35% nas vendas em apenas um semestre.

O que a carreira profissional da Ju nos mostra é que sem dúvidas ela manda muito quando o assunto é  Alta Performance.  Mas como conseguir tanto crescimento em tão pouco tempo? Segundo ela, através de 3 características que desenvolveu desde os “tempos da lagartixa”: Capacidade de priorização, Foco e Vontade (fator humano).

Priorização

Saber o que é necessário desenvolver para superar o desafio e eliminar da rotina coisas que não contribuem para o alcance dos resultados almejados;

Foco

Uma vez descoberto o que se precisa fazer, é hora de colocar a mão na massa e focar nessas novas atividades;

Vontade

É preciso realmente querer crescer e se desafiar - querer mesmo -, pois só assim será possível priorizar e focar no que realmente importa para alcançar seus objetivos.

Só que há um problema: isso vicia. Uma vez colocado em prática os pontos acima, você começará a enxergar resultados. Esses resultados farão você querer mais. E então um novo ciclo de priorização, foco e vontade se inicia, com  crescimento e desafios ainda maiores durante o processo.

Foi através desse ciclo de Alta Performance que a Ju conseguiu esses resultados; e é através da Alta Performance que deseja conseguir ainda mais.

E você, tem colocado Alta Performance no seu dia-a-dia?

Quer aprender a criar hábitos com consistência, se livrar dos sabotadores e executar como os profissionais acima da média? Conheça o curso de Alta Performance da Conquer clicando aqui.

Tem interesse em saber mais sobre o tema? Cadastre seu email na nossa News para ficar sempre por dentro ;)

Comentários